3.01. – INTRODUÇÃO

Artista Plástica

3.01. – INTRODUÇÃO

27 de dezembro de 2018 Acervo 1

Não há uma classificação linear de minhas obras pois cada uma tem sua individualidade; terminadas ganham vida própria, Barroco/Onírico/Americano, Contemporâneo. […] “A escultura não representa o objeto; ela o reproduz numa matéria diferente e o transpõe para uma dimensão metafísica: a alegoria …” Giulio Carlo Argan. Continuo elaborando minha atitude: “As esculturas são signos, e não símbolos pois envolvem sempre a necessidade de uma interpretação”. The Forest of Symbols – Victor Turner .
E finalizo com o poeta Ferreira Gullar: “A Arte existe porque a vida não basta”

Um comentário

  1. maria ignez whitaker disse:

    Antípodas da Mente- Formas , Cores, Tramas, Texturas, surpresas inéditas- porém conhecidas -dessa conjuntura corpo espírito que ignoradas nos såo tåo familiares.
    Sutilezas da grande artista Carolina !

Deixe uma resposta